Semas combate o trabalho infantil no Mercado da Produção

semas-combate-trabalho-infantil-mercado-5

A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) realizou neste final de semana, junto com o Ministério Público do Trabalho (MPT) e com a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE), ações de combate ao trabalho infantil no Mercado da Produção de Maceió, no bairro da Levada. Cerca de 30 crianças e adolescentes que estavam envolvidas em atividades de comércio foram atendidos pelos profissionais da Semas.

Todos os casos flagrados de atividades que envolviam a mão de obra infantojuvenil foram levados à unidade móvel do Projeto Peti Volante, que percorre os bairros do município, promovendo atividades itinerantes de recreação, como forma de sensibilização para crianças que estejam em condições de exploração, para em seguida encaminhá-las aos programas socioassistenciais da Prefeitura de Maceió.

Outro equipamento social da Semas que também esteve envolvido na fiscalização foi o Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas) Orla Lagunar, que realizou o encaminhamento dos flagrantes para monitoramento e deve atuar no mapeamento das regiões vulneráveis, para evitar que o público infantojuvenil volte a se envolver nas atividades de trabalho.

A secretária de Assistência Social de Maceió, Celiany Rocha, destacou a importância do trabalho da Comissão Municipal de Erradicação do Trabalho Infantil para a efetividade das ações de combate aos crimes de violação que atingem o público infantil e suas respectivas famílias.

“As questões que envolvem o trabalho infantil são sérias e, ao mesmo tempo, bastante delicadas. A gente não pode permitir, em hipótese alguma, que uma criança ou adolescente esteja fora da escola para ser explorada nas ruas. Nós estamos intensificando o trabalho que visa uma maior efetividade dos nossos programas sociais para garantir cidadania a essas crianças e um futuro promissor, longe de situações de violação, para suas famílias. Não vamos permitir menos que isso”, disse Celiany.

O aumento do número de ações do Peti Volante acontece desde o início do ano e atinge todas as regiões de Maceió, principalmente as que são consideradas mais críticas para o trabalho infantil. Muitos casos chegam até a fiscalização do Município por meio do Disque 100. Todas as denúncias recebidas são averiguadas.

No final do mês de maio, as equipes da Semas estiveram nas imediações de um supermercado localizado próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no bairro do Tabuleiro do Martins. Todos os casos suspeitos de trabalho infantil flagrados pelo Peti Volante durante a ação estão sendo acompanhados pelo Creas Santa Lúcia.

Netto Motta – Ascom Semas