Sem forçar, CSA passa por cima do Guarani-CE no Estádio Rei Pelé: 6 a 0

csa_x_guarani_de_juazeiro-ce_Fn1MU6e

O CSA não teve piedade do Guarani de Juazeiro-CE. Sem forçar o jogo, o Azulão massacrou o adversário neste domingo, por 6 a 0, e assumiu o segundo posto no Grupo A6 da Série D, com agora três pontos. Clayton (2), Obina (2), Leandro e Marcelo Nicácio fizeram os gols do time alagoano no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Envergonhado após a goleada, o técnico Edson Marcelino, do Guarani, entregou o cargo ainda no campo.

Determinado a apagar a má impressão que deixou na partida de estreia, o CSA fez por merecer a vitória deste domingo. No primeiro tempo, os alagoanos foram os protagonistas, começaram pressionando o adversário e sobrou para o Guarani, que pouco encostou na bola. A pressão surtiu efeito e os azulinos abriram o placar com gol de Clayton aos 8′. Depois, o meia ampliou aos 16. E em dia bom, até zagueiro faz gol. Leandro deixou o seu aos 28′. Obina também participou do festival de gols e balançou as redes adversárias duas vezes: aos 29′ e aos 38′.

No segundo tempo de jogo, o Guarani entrou mais determinado. Explorou mais o lado esquerdo, e arriscou jogadas com Kelvis e Jaime, mas não foi o bastante. O time alagoano conseguiu interceptar as jogadas e marcou o sexto gol da partida com Marcelo Nicácio aos 36′. O atacante saiu do banco para sacramentar a goleada azulina no Rei Pelé e marcar o seu segundo com a camisa do CSA.