Projeto Jaraguá Vivo mostra o lado cultural de Maceió

Jaragua-Vivo-Foto-Maciel-Rufino-Secom-Maceió-0018-1024x682
Apresentação cultural no lançamento do Jaraguá Vivo Foto: Maciel Rufino/ Secom Maceió

Conhecida por sol e mar, Maceió ganhou mais um reforço para o desenvolvimento do turismo, o Jaraguá Vivo. Criado para mostrar aos visitantes da capital alagoana as belezas do tradicional bairro, o projeto foi lançado na noite dessa terça-feira (12), na Praça Dois Leões, com um city tour pelas ruas de Jaraguá.

O novo roteiro cultural da capital vai possibilitar que os turistas caminhem pelo bairro e conheçam os espaços culturais da localidade, que deu origem à capital. Além das visitas aos museus, praças e à Igreja Nossa Senhora Mãe do Povo, o roteiro inclui uma experiência gastronômica em uma praça de alimentação ao ar livre montada ao lado da Associação Comercial.

Jair-Galvao-–-Secretario-de-Turismo-Foto-Maciel-Rufino-Secom-Maceió-0026-1024x682
Jair Galvão, secretário de Turismo. Foto Maciel Rufino/ Secom Maceió


“A princípio, o Jaraguá Vivo é uma proposta de roteiro a pé, onde as pessoas podem percorrer o bairro visitando os estabelecimentos e aproveitando um pouco do lazer que a noite em Maceió tem a oferecer. Contamos com parceiros privados que permitem essa integração dos turistas com os maceioenses como, por exemplo, a praça de alimentação ao ar livre, organizada pela Carro Chef, e alguns restaurantes como o Rex Bar, além das atrações culturais que abrem nas noites de terça”, explicou o secretário de Turismo, Jair Galvão.


Jaragua-Vivo-Foto-Maciel-Rufino-Secom-Maceió-0025-1024x682
Rex Jazz Bar, em Jaraguá. Foto: Maciel Rufino/ Secom Maceió

O projeto também dá espaço para os maceioenses que não têm a oportunidade de conhecer os acervos culturais que existem no bairro. “Muitos trabalham durante o dia e não encontram tempo para desfrutar o que temos no Jaraguá. A ideia é que possamos expandir para outros dias da semana e levar essa metodologia de fomento e desenvolvimento do turismo para outros bairros da cidade”, ressaltou o gestor.

Desenvolvido pela Secretaria Municipal de Promoção do Turismo (Semptur), em parceria com o trade local e a Secretaria de Desenvolvimento do Estado de Alagoas (Sedetur), o Jaraguá Vivo será operado todas as terças-feiras no mesmo horário. Durante a programação, a Rua Sá e Albuquerque estará fechada para carros. Turistas e moradores poderão comprar o voucher, no valor de $30, para o passeio antecipadamente junto aos receptivos turísticos locais.

Jaraguá Vivo Foto: Maciel Rufino/ Secom Maceió
Jaraguá Vivo Foto: Maciel Rufino/ Secom Maceió

Responsável pela Carro Chef, empresa que organiza food trucks na cidade, Hugo Noah acreditou no sucesso do projeto antes mesmo de sair do papel. “Nos anos 2000, o bairro contemplava vários bares e restaurantes. Quando começamos a discutir o Jaraguá Vivo, levou-se em consideração o fato de não haver mais esses estabelecimentos. Por felicidade, estamos vivendo uma explosão de food trucks, com empreendedores colocando cada vez mais opções nas praças e ruas da cidade. No projeto, substituímos a demanda e montamos a praça de alimentação no final do roteiro”, disse o empresário.

Hugo acredita que os dias de atendimento ao público no Jaraguá serão ampliados em breve. “Depois de um estudo, inciamos o projeto apenas às terças. Assim daria para o turista fazer seu passeio durante o dia, chegar cedo no hotel e ir para o Jaraguá. No outro dia, ele poderia aproveitar sua programação de férias sem problema, pois nas quartas os passeios não começam tão cedo. Acreditamos que, com o avançar da temporada, teremos que abrir dois dias na semana para dar suporte a uma demanda que chega à cidade em busca de um bom opcional noturno”, destacou.

O casal mineiro Cremilda e Fioravante Vendramini está na cidade há alguns dias e ficou surpreso com a diversidade de opções turísticas que encontraram na capital alagoana. “Acho uma iniciativa muito interessante por parte da Prefeitura. O turista, normalmente, vê Alagoas, principalmente, Maceió, como um local de veraneio. Hoje tivemos contato com uma parte cultural da cidade que dá para notar que é riquíssima, tanto em termos de arquitetura como de histórica”, disse Fiavorante.

Encantada com as obras de arte e com os espaços visitados, Cremilda lamentou que sua estada em Maceió está perto de acabar. “Estou amando o passeio. Sempre vamos aos museus nas cidades que visitamos e o Jaraguá está me encantando. Pena que vamos embora logo”, contou a turista.

Roteiro e parcerias

Integram o roteiro: a Associação Comercial do Estado de Alagoas, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o Arquivo Público de Alagoas, o Museu da Imagem e do Som de Alagoas (Misa), a Igreja Nossa Senhora Mãe do Povo, Fundação Teotônio Vilela, Praça Dois Leões, Sindicato dos Estivadores de Alagoas, Rex Bar e Projeto Carro Chef, que reúne diferentes food trucks da cidade.

São parceiros da iniciativa a Sedetur, a Superintendência Municipal de Controle do Convívio Urbano (SMCCU), a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), o Grupo de Receptivos de Alagoas (GRAL), o Sindicato dos Guias de Turismo de Alagoas (Singtur- AL), a Guarda Municipal, a Polícia Militar, o Rex Bar e o Projeto Carro Chef.

Flávia Farias – Secom Maceió