Prefeito de São José da Laje antecipa recesso escolar e atrasa pagamento do Fapen

O prefeito Rodrigo Valença, de São José da Laje, considera-se dono de uma honradez incrível. E o povo acreditou, dando a ele régua e compasso para um segundo mandato.

Uma fonte da Secretaria Municipal de Saúde manda avisar que os postos da cidade tendem a fechar a partir desta segunda-feira,19. Rodrigo criou uma espécie de recesso e com essa decisão a criatura do Executivo municipal já anunciou a dispensa dos contratados, que deverão receber apenas uma quinzena, transformando, assim, o Poder Público municipal num barracão.

Perto dali, a Secretaria de Educação antecipa o recesso escolar e contratados ficam de fora e sem salários de dezembro, janeiro de 2017, fevereiro e só voltam no final de março, depois do carnaval, se alguns tiverem a sorte de renovar contrato. Sem rateio para a classe, o prefeito Rodrigo Valença tem dito que “rateio é coisa para prefeito que não trabalha”, vocifera.

Nem mesmo os aposentados do serviço público municipal escaparam do gestor municipal. Quem depender do Fapen (Fundo de Aposentadoria) está sem receber novembro e o décimo terceiro salário. para piorar: sem nenhuma sinalização de pagamento.

“Quem dever na farmácia que se vire? Assim como cartão de crédito, padaria o supermercado? Assim não pode, nunca vi no Fapen,” questiona uma aposentada pedindo anonimato.

Ivan Nunes-AL1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *