Polícia Civil prende quinto suspeito de matar professor da Ufal

Foi preso hoje em cumprimento de mando expedido pela 9ª Vara Criminal da Capital o suspeito de ser o autor material da morte do professor da Universidade Federalde Alagoas (UFAL), Daniel Thiele. O jovem André da Silva Firmino, 28, é a quinta pessoa presa por envolvimento no caso. Outros quatros suspeitos de participar do crime foram presos em novembro durante uma operação policial.

A prisão de André Firmino aconteceu no bairro da Chã da Jaqueira, na periferia de Maceió, após informações repassadas para a polícia através de uma denúncia anônima. Na ocasião, foi constatado que ele ainda estava mantendo a mulher e o filho em cárcere privado.

Segundo a polícia, seis pessoas participaram da morte. Eles fazem parte de uma organização criminosa envolvida em vários roubos na capital alagoana. “Essa organização é grande e está envolvida em diversos crimes como roubo, tráfico de drogas e homicídios”, disse um agente da Polícia Civil, que preferiu não se identificar.

Segundo a polícia, André foi o único dos cinco suspeitos que assumiu participação na morte do professor Daniel Thiele; ele disse que estava no carro no momento do crime. Mas não disse se foi ele quem atirou na vítima.

Um outro suspeito, identificado como Cristiano Nascimento Germano, o ‘Copal’ ainda está foragido.

Desaparecimento

O professor universitário Daniel Thiele desapareceu no dia 20 de setembro e o seu corpo foi encontrado dentro de um carro carbonizado apenas no dia 6 de outubro, em uma área de canavial no município de Rio Largo.

Ao periciar o corpo do professor o Instituto Médico Legal (IML) constatou ainda que Thiele foi executado com um tiro na cabeça, na região da nuca. Ele dava aulas no Instituto de Química e Biotecnologia (IQB) da Ufal.

G1 AL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *