Governo assina ordem de serviço para revitalização do Alagoinhas

Previsão é que obras orçadas em R$ 10 milhões comecem em janeiro. Espaço na orla da Ponta Verde vai abrigar píer com bares e restaurantes.

Com a presença dos ministros da Integração Nacional, Eder Barbalho, e do Turismo, Maarx Beltrão, e de representantes da bancada federal, o governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB), assinou, na manhã desta segunda-feira (19), a ordem de serviço para recuperação da área do antigo Alagoinhas, que localizado na Ponta Verde, será transformado no Marco Referencial de Maceió.

Segundo governador, as obras do projeto avaliado em R$ 10 milhões, serão iniciadas em janeiro de 2017. “Reconstruir o antigo Alagoinhas vai ser fundamental para dar uma cara nova a nossa capital. Nessa primeira etapa vamos investir R$ 10 milhões e vamos trabalhar para entregar toda obra no bicentenário do estado”, relata Renan Filho.

“O espaço estava abandonado, servindo como ponto de venda de drogas e, inclusive, de prostituição. Agora, os alagoanos e os turistas ganharão um equipamento público que vai beneficiar o turismo no estado”, explica.

De acordo com o projeto, o então abandonado Alagoinhas será transformado em um espaço público aberto para as famílias e turistas. No local terão praças de alimentação e mirantes.

O governador disse que houve muitos entraves até que a assinatura da ordem de serviço. “Quando assumimos as obras tinham uma grande dificuldade de sair do papel. Então nós lutamos muito com a bancada federal para fazermos as obras do marco referencial”, disse o governador.

A secretaria de Infraestrutura do Estado Aparecida Machado disse que as obras de revitalização serão feitas pela secretaria. “Nós temos muito orgulho de revitalizar o nosso cadáver do Alagoinhas que envergonha a todos nós”, diz.

g1

19/12/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *