Governador vistoria obras dos eixos viários em Maceió

Renan Filho aproveitou cumprimento de agendas na capital e conferiu in loco andamento das vias alternativas

Entre uma agenda e outra, o governador Renan Filho aproveitou a passagem pelo bairro do Farol, nesta sexta-feira (16) e vistoriou as obras dos eixos viários do Quartel e Cepa. As vias servirão como rota de escoamento de tráfego paralelo à Avenida Fernandes Lima.

O governador conferiu de perto o andamento das obras, viu a instalação do meio-fio e da primeira camada de asfalto, além das passagens de nível.

Ele conversou com estudantes e operários a respeito dos benefícios das obras.

“São obras importantíssimas para melhorar o trânsito em nossa capital. É o Governo do Estado voltando a investir na capital. Estamos construindo estas passagens de nível para melhorar o acesso dentro do Cepa, de alunos e demais frequentadores”, disse Renan Filho, ao conversar com alunos.

Esta semana, no Eixo Cepa, 160 metros de cumprimento da nova rua que cortará o Hospital Portugal Ramalho serão pavimentados. Este trecho de estrada irá se conectar a outras ruas no entorno, compondo o eixo, que servirá de alternativa viária à Fernandes Lima, começando no Ibama e terminando na ladeira do Teobaldo, na Cambona.

Ao todo, o Eixo Cepa terá nove quilômetros de extensão, tendo início no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), na Gruta de Lourdes, estendendo-se até as ruas Frei Caneca e Luiz de Mascarenhas, no Farol, próximo à ladeira Teobaldo Barbosa.

Já o Eixo Quartel terá cerca de seis quilômetros de cumprimento, com início na Rua Marieta Lages, no bairro do Farol, próximo à Super Pizza, estendendo-se até a Rua Ranildo Cavalcante, na Gruta, por trás do Hospital do Açúcar, tornando-se uma nova alternativa de circulação viária no sentido Sul/Norte e Leste da região Metropolitana de Maceió.

Os dois eixos terão o formato de binários – duas vias paralelas, de mão única e sentido contrário – e irão servir como vias de escoamento do trânsito para a otimização do tráfego na área, permitindo com que a população possa escolher qualquer um deles para se conectar com as partes baixa e alta da cidade.

Cadu Epifânio e Thiago Tarelli

17/12/16

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *