Ginástica dos EUA teve 368 casos de abuso sexual nos últimos 20 anos

Os jornais norte-americanos IndyStar e USA Today publicaram uma investigação alarmante sobre os casos de abusos sexuais na ginástica dos Estados Unidos. Foram 338 casos nos últimos 20 anos.

A investigação levou em conta apenas denúncias oficiais contidos nos arquivos policiais. Assim, como há casos em que o agressor não é denunciado, o número pode ser ainda maior, e a maioria acaba saindo impune.

Ainda segundo a publicação, a maioria das vítimas é do sexo feminino, e grande parte figura na faixa da adolescência. Os abusos foram realizados por treinadores, donos de academias ou outras pessoas relacionada à modalidade.

Recentemente, diversos casos de abuso sexual também foram denunciados no futebol. De acordo com a polícia inglesa, 350 casos foram recebidos, e a Fifa, entidade máxima do futebol, declarou que terá tolerância zero com os abusos sexuais.

 

Yahoo

16/12/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *