Gás natural é abordado em V Workshop da Cadeia Produtiva do Petróleo

Palestra abordou conhecimentos gerais sobre o gás natural canalizado e suas diferentes possibilidades de uso

d34caa2ce7f04361bbd5a582194d6921_L
Estudos analisam o desempenho do Gás Natural na conjuntura atual do mercado

Com a proposta de debater as aplicações do gás natural e a atuação do engenheiro dentro desse mercado, o assessor de planejamento e gestão estratégica da Algás, Gerson Fonseca, participou, na manhã desta terça-feira (26), do V Workshop da Cadeia Produtiva do Petróleo da Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

 

A palestra ministrada pelo assessor apresentou aos futuros engenheiros de petróleo conhecimentos gerais sobre o gás natural canalizado e suas diferentes possibilidades de uso. A ocasião também ficou marcada por uma breve apresentação sobre a atuação da Algás e uma explanação das matrizes energéticas brasileira e alagoana.

 

“Aproximar-se da academia e marcar presença em eventos como o V Workshop da Cadeia Produtiva do Petróleo é uma oportunidade para apresentar aos alunos a importância do gás natural no nosso cenário energético. Reforça também o compromisso da Algás em contribuir ativamente para o desenvolvimento do Estado”, completou Gerson Fonseca.

 

????????????????????????????????????

Segundo ele, os alunos do curso de Engenharia do Petróleo observaram e analisaram as vantagens do gás natural em suas diversas aplicações, como também conheceram um pouco sobre as possibilidades de atuação do profissional de engenharia nesse segmento.

 

Para o estudante do 5° período de engenharia de petróleo da Ufal, Jônathas Nunes, a palestra proporcionou um maior aprendizado sobre os recursos energéticos alagoanos.

 

“Gerson apresentou pra gente um novo campo de visão da matriz energética do estado. Com isso, conhecemos melhor as demandas e as áreas de atuação do profissional de engenharia de petróleo em Alagoas”, relatou o acadêmico.

 

A participação do assessor de planejamento da Algás no evento foi concluída com uma mesa redonda para debater sobre o futuro das indústrias do petróleo e do gás natural no Brasil.

Debora Vieira – Agência Alagoas