Estado distribuirá cisternas nas escolas do Agreste e Sertão

Seagri também vai contemplar 2.670 famílias com cisternas de 1ª e 2ª água, com capacidade para 16 mil litros

Governador Renan Filho e secretário Álvaro Vasconcelos observam cisterna: ações vão viabilizar implantação de tecnologias sociais de acesso à água para o autoconsumo
Thiago Sampaio

Com investimentos de R$ 15,7 milhões, por meio de convênio com o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, o Governo de Alagoas fará a distribuição de cisternas para 500 escolas do Agreste e do Sertão, com capacidade de armazenamento de 52 mil litros.

De acordo com o secretário de Estado da Agricultura, Álvaro Vasconcelos, além das escolas, também serão contempladas 2.670 famílias com cisternas de primeira e segunda água, com capacidade de 16 mil litros cada uma, o que vai atender as necessidades para armazenamento e consumo de água das comunidades.

“Os recursos já estão assegurados pelo governo federal. O plano de trabalho já elaborado pela equipe técnica da Seagri e a distribuição das cisternas começa no início de 2017”, afirma Vasconcelos.

Pelo plano de trabalho, serão distribuídas 500 cisternas com as escolas dos municípios que integram as regiões do Agreste e do Sertão alagoano, o que vai permitir o pleno funcionamento das unidades de ensino durante todo o ano letivo, fornecendo ainda água para crianças de zero a seis anos de idade matriculadas na rede pública de ensino.

Como explica o superintendente de Inclusão Produtiva da Seagri, Israel Moura, as cisternas distribuídas com as escolas vão contribuir com o andamento das atividades, em qual a maioria dos casos muitas unidades de ensino fecha suas portas por falta de água.

As ações vão viabilizar ainda a implantação de tecnologias sociais de acesso à água para o autoconsumo, e as famílias selecionadas passarão por capacitação e treinamento sobre a captação e uso da água de chuva, em processos de convivência com o semiárido.

Ronaldo Lima-Ascom/AL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *