Após manutenção, Parque Municipal reabre para visitas

parque
A Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma) informa que, após vistoria e manutenção, o Parque Municipal de Maceió reabriu nesta sexta-feira (8). Localizado no bairro de Bebedouro, a Unidade de Conservação estava parcialmente interditada devido às chuvas da última semana, com visitação restrita à parte mais baixa.

“É uma satisfação muito grande poder constatar que o Parque já se encontra, novamente, em condições para receber maceioenses e turistas. É bom ressaltar que estamos atentos e nossa manutenção continua para deixar o local mais acolhedor”, disse o titular da Sempma, Antonio Moura.

O coordenador do Parque, Fábio Palmeira, explicou o trabalho que foi realizado no local.“Na semana passada, a retirada de lama na trilha principal do Parque foi iniciada com um trator e também desobstruímos as galerias de águas pluviais. Agora, o acesso às áreas mais internas, como o lago dos jacarés, fonte e centro de leitura, já está liberado”, afirmou.

Logo na entrada, o viveiro de mudas, centro administrativo e jardim sensorial, além do museu de animais taxidermizados, são algumas das atrações que os visitantes podem aproveitar ao chegar na Unidade de Conservação.

No Parque, a fauna faz valer a diversidade biológica da Unidade de Conservação: jacarés-de-papo-amarelo, frangos d’água, tatus bola, cágados de barbicha, preguiças, saguins, gaviões falcões, corujas, raposas, tamanduás-mirim e uma variedade de cobras.

São mais de 80 hectares de extensão com árvores da Mata Atlântica. Lá existem cerca de 250 espécies catalogadas, como angelim morcego, pau-Brasil, pau-ferro, cajá, imbiriba e gameleira. Ao todo, são cinco trilhas acessíveis ao público: Trilha Cidadã, Trilha da Aventura, Trilha da Paz, Trilha do Pau Brasil e Trilha do Jacaré. É possível observar e beber a água que brota do solo em diversas localidades do Parque Municipal.

O Parque é aberto ao público de terça-feira a domingo sempre das 08h às 17h. Para visitas monitoradas ou em grupo é necessário um agendamento prévio pelo e-mail [email protected]

Fonte: Ascom Sempma