MP pede a expulsão de PM acusado de estupros e homicídios

O Ministério Público Estadual (MPE), através da 9ª Promotoria da Capital, pediu a expulsão do soldado da Polícia Militar Josevildo Valentim dos Santos Júnior, acusado e investigado por praticar estupros em Marechal Deodoro e Maceió. De acordo com o promotor Rodrigo Soares, o MPE está propondo uma ação pedindo a condenação do PM.

A Polícia Civil descobriu os crimes praticados pelo Josevildo Valentim depois que ele assassinou e estuprou uma jovem no Trapiche da Barra, onde também tentou assassinar o namorado da vítima Agnísio dos Santos Souto, 24 anos. Após ser preso, o policial confessou o crime e contou de outro estupro em Marechal Deodoro.

O promotor afirmou que a arma usada no crime no Trapiche é a mesma que o militar usava em suas funções nas ruas e em detalhes contou que esposa do acusado tinha conhecimento do crime de estupro praticado há 7 anos.

 “Irei entrar em contato com os colegas das outras comarcas que estão apurando os casos nas demais cidades para que possamos compartilhar as informações e agregar na denúncia proposta pelo MP”, disse o promotor.

De acordo com Rodrigo Soares, a pena máxima contra o acusado pode chegar a 60 anos de prisão pelo homicídio qualificado por motivo torpe. O promotor frisou ainda o crime de feminicídio praticado pelo militar.

04/11/2019