Grêmio nega ofertas por Everton Cebolinha

Nos últimos dias, o nome de Everton Cebolinha, atacante do Grêmio e da seleção brasileira, é um dos mais comentados nos jornais esportivos europeus.

Na Espanha, os veículos ficaram encantados com o futebol que o atleta vem mostrando na Copa América. Já na Inglaterra, ele já foi até apelidado em inglês: “Little Onion.

O ponta de 24 anos chegou inclusive a ser apontado pela imprensa internacional como “o jogador que fez o Brasil esquecer Neymar”.

Com todo esse assédio em cima do atacante, é de se esperar que a mesa do presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr, esteja cheia de ofertas por Cebolinha, certo?

Segundo o próprio mandatário, não…

“Não recebi nenhuma proposta pelo Everton. Nada”, garantiu Romildo, em entrevista à ESPN na última terça-feira, após participar de evento da Primeira Liga em Belo Horizonte.

‘Quanto mais ele arrebentar, mais problemas o clube vai ter para segurá-lo’, disse o comandante

Além disso, o dirigente afastou especulações de que o ponta sequer voltará ao Grêmio após a Copa América e negou que a tendência seja a negociação já na abertura da janela.

“Vou fazer de tudo para segurá-lo ao menos até o final do ano”, assegurou.

Cebolinha tem contrato com o Imortal até 2022, tendo renovado seu vínculo em 29 de agosto de 2018.

Sua multa rescisória para negociação com o exterior é de 80 milhões de euros (R$ 348,58 milhões, na cotação atual).

Recentemente, o Milan tentou contratar Everton, mas ofereceu “apenas” 40 milhões de euros (R$ 174,29 milhões), segundo o jornal Gazzetta dello Sport, e fracassou.

De acordo com a imprensa inglesa, o gremista deve ser disputado de maneira ferrenha pelos rivais Manchester United e Manchester City na próxima janela.

Pelo Tricolor, Cebolinha tem 10 gols em 24 jogos nesta temporada. Na Copa América, são dois tentos até agora nas três partidas disputadas pelo Brasil.

26/06/2019